tecnologia no mercado imobiliário tecnologia no mercado imobiliário

4 motivos para investir em tecnologia no mercado imobiliário

4 minutos para ler

O mercado imobiliário é um ramo bem tradicional, pelo fato de já estar em atuação por muito tempo. Por conta disso, as transações que envolvem venda e aluguel de imóveis ainda são muito burocráticas e englobam processos mais fechados e moldados à risca. Sendo assim, quem trabalha nessa área muitas vezes não está atento às novas tecnologias no mercado imobiliário.

Quando se trabalha nesse tipo de mercado, é importante estar atento às novidades, uma vez que elas vão facilitar bastante o tipo de serviço oferecido aos clientes. Por meio delas é possível, inclusive, melhorar a qualidade dos produtos e forma de atendimento.

Se você não conhece as novas tecnologias no mercado imobiliário, continue por aqui e veja quais são as tendências para essa área e como você pode fazer para atuar de acordo com as novidades. Vamos lá?

Quais as tendências em tecnologias no mercado imobiliário?

1. Tour Virtual 360°

Existem tecnologias que facilitam muito o atendimento, ainda mais no primeiro contato. A imobiliária pode apostar em serviços como tour virtual 360° para que, logo à primeira vista, o cliente tenha informações visuais, interativas e ricas em detalhes do imóvel pretendido. Essa excelente experiência inicial já destaca a imobiliária da concorrência, incentivando a negociação.

Dessa forma, o comprador vai conseguir vivenciar a experiência de morar na casa ou apartamento que ele está procurando. Por meio dessa ferramenta, os corretores terão maior embasamento para trabalhar e oferecer serviços de qualidade para os compradores.

2. Contratos digitais

Muita gente sabe que uma das partes mais demoradas de um processo de locação de imóveis está na criação, liberação e assinatura do contrato de aluguel. Até juntar todos os documentos e se certificar que está tudo de acordo com as obrigações necessárias, passa-se algum tempo. E isso não é bom nem para imobiliária, e muito menos para o inquilino ou proprietário.

Mas existe uma nova tecnologia capaz de facilitar bastante esse processo. O contrato digital chega como uma forma bem tranquila e eficiente, de validade legal, para a assinatura do contrato. Todos os envolvidos na transação recebem o documento por e-mail e assinam digitalmente.

Sendo assim, a liberação das chaves é feita de maneira mais rápida, melhorando a experiência do cliente para com a imobiliária. Porém, essa novidade somente é utilizada em transações de locação, não sendo permitida para compra e venda de imóveis.

3. Chatbot

Um dos primeiros contatos entre a imobiliária e o cliente é por meio de uma pesquisa na internet e visita no site. Sendo assim, um jeito de facilitar o primeiro contato é incluindo um chatbot na página virtual da empresa.

Os clientes podem entrar em contato com os corretores diretamente nesse chat virtual, que já iniciam um atendimento inicial, acolhendo dúvidas de forma personalizada. A tecnologia ainda consegue ser configurada para fazer uma triagem entre os compradores que ainda não se decidiram sobre os imóveis desejados, possibilitando que o funcionário apresente opções baseados nas características apresentadas.

4. Placas de locação e venda com QR Code

O QR Code é uma tecnologia que facilita bastante no acesso a informações de determinado produto ou serviço, e é muito usado fora do Brasil como forma de pagamento. Aqui, você pode incluir essa tecnologia nas placas de locação ou venda dos imóveis, para que eles tenham as informações adiantadas sobre o produto.

O seu comprador pode estar andando pela rua, vê uma anúncio de imóvel interessante, e encontra um QR Code inserido na placa. Ele vai poder escanear e terá, em primeira mão, todas as informações e dados de que precisa, inclusive contato da imobiliária para poder iniciar a negociação.

Essas tendências são capazes de aumentar muito a procura de compra de imóveis na sua empresa, devido à maior satisfação por clientes com as novidades e experiência do atendimento proporcionada. Os resultados serão bastante satisfatórios para a imobiliária.

Gostou de aprender um pouco mais sobre tendências de tecnologia no mercado imobiliário? Ficou interessado em ver mais conteúdos como este? Então siga as nossas redes sociais para continuar nos acompanhando! Estamos no Facebook e LinkedIn.

Posts relacionados

Deixe uma resposta