Como valorizar um imóvel para venda em 3 passos

4 minutos para ler

Ao contrário de outros tipos de bens, como os carros, os imóveis costumam valorizar-se com o tempo. No entanto, essa regra nem sempre é válida. É preciso que ele esteja localizado em uma região onde a infraestrutura seja completa e que esteja em desenvolvimento, com investimentos urbanos em dia por parte da prefeitura, além de ter boa cobertura de comércio e serviços, por exemplo. Se for esse o caso, então, como valorizar um imóvel para venda ainda mais?

As negociações podem ser potencializadas se você seguir algumas dicas para que possa vender mais e em condições ainda melhores. Claro que tudo deve ser feito de acordo com os objetivos de venda do proprietário, considerando, também, o público a que o imóvel se destina.

Neste post, daremos 3 dicas essenciais para garantir uma valorização maior do seu bem, tornando a sua venda mais rápida e com mais possibilidades de uma renda maior na negociação. Confira e coloque já em prática!

1. Faça manutenções periodicamente

Boa parte da venda de um imóvel passa pelo encantamento de quem vai adquirir o bem, desde o momento em que ele é apresentado por meio de fotos até as visitas antes de iniciar a negociação. Por isso, é importante que ele esteja em ótimas condições para causar uma boa impressão e melhorar a experiência do cliente.

Paredes com pintura nova podem parecer o básico, mas fazem toda a diferença. É interessante usar cores neutras, como off-white, pois a sensação de amplitude é maior. Os tons mais quentes, como palha, dão ar de aconchego ao ambiente. Já os brancos mais frios são menos convidativos. Furos e rachaduras devem ser reparados. Lembre-se, ainda, de que vazamentos e infiltrações afastam os clientes.

2. Utilize a técnica do “home staging”

Essa é uma técnica com nome em inglês que pode parecer difícil de entender, mas tem ajudado muito na valorização e na venda mais rápida dos imóveis. Trata-se de uma forma de organização e de manutenção voltada a um determinado público, deixando o local com características que vão atrair os clientes mais diretamente.

Assim, se a intenção é vender para pessoas mais jovens, então, vale a pena levar itens à decoração que possam encantar esse público. O home staging pode atuar, dessa forma, na iluminação, nas cores ou em alguns pontos no design de interiores projetado para o seu objetivo.

Também passa por essa técnica a organização do imóvel, cuidando para que não haja objetos fora do lugar na hora de apresentar o bem a um possível comprador, climatização dos ambientes, caso esteja calor, luzes acesas nos cômodos, cortinas abertas ou tampas dos sanitários fechadas. Tudo isso é valorizado em uma visita!

3. Mantenha a documentação em dia

Por fim, a valorização do imóvel para venda também deve considerar a documentação em dia, ou seja, atualizada e em mãos para o momento em que o contrato for fechado. Com isso, evita-se que o processo seja muito demorado, colocando em risco a negociação. Nessa linha, a escritura deve estar no nome do proprietário, as plantas devem estar corretas e atualizadas para que não haja problemas no financiamento, os impostos não podem estar atrasados, assim como o pagamento de taxas de condomínio e de consumo, como energia, gás e água.

Com essas dicas sobre como valorizar um imóvel para venda, certamente, ele será mais bem cotado, agilizando o processo e encantando o cliente certo. Elas também são úteis para otimizar a precificação do bem e fazer com que ele se destaque diante da concorrência.

Este artigo foi útil para os seus negócios? Então, aproveite e baixe, agora mesmo, o nosso guia de marketing para imobiliárias!

Posts relacionados

Deixe uma resposta